• setembro 23, 2021

Fundação PaqTcPB apresenta ventilador pulmonar de baixo custo ao MCTI

Fundação PaqTcPB apresenta ventilador pulmonar de baixo custo ao MCTI

 

A Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB) apresentou ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) um ventilador pulmonar de baixo custo desenvolvido em Campina Grande, na Paraíba. O ventilador pulmonar resultado de um trabalho entre as empresas Alcalitech e Phaser, que estão incubadas na Fundação PacTcPB.

A apresentação aconteceu na tarde desta quinta-feira (23) durante uma visita do coordenador geral de inovação tecnológica da Secretaria de Empreendedorismo de Inovação de infraestrutura (SEMPI), Guilherme de Paula Correa, do MCTI e da diretora geral do Instituto Nacional do Semiárido (Insa), Monica Tejo.

Além do baixo custo, o ventilador pulmonar se destaca pela eficiência em quadros de saúde sem necessidade de procedimentos médicos invasivos como intubação de pacientes. Ele usa tecnologia nacional, é de fácil uso pelos profissionais de saúde e também tem uma maior autonomia de bateria em relação a outros ventiladores já utilizados no mercado. Outra facilidade é a mobilidade do aparelho que o aparelho permite, podendo ser usados em atendimentos móveis.

“Essa necessidade de ventilador pulmonar surgiu com maior demanda durante a pandemia de Covid-19, mas esse ventilador que desenvolvemos tem uma proposta de também atender a necessidade da medicina pós-pandemia. Por exemplo, ele pode ser facilmente instalado em ambulâncias, tornando assim o atendimento emergencial de alta complexidade mais completo”, explicou o doutor Railson de Oliveira, representante da Alcalitech.

O CEO da Phaser, Júnior Sena também estava na reunião. A Fundação PaqTcPB foi representada pelo diretor geral, Prof. Dr. Nilton Silva, e o diretor adjunto Aldre Barros. A diretora-técnica da Fundação, Prof. Dra. Nadja Oliveira, e o Dr. Rafael Grempel participaram da reunião de forma remota.

Ainda na visita, a Fundação apresentou outros produtos desenvolvidos em suas startups como, por exemplo, uma tecnologia para otimização do uso de combustíveis por caminhões de transportadoras.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *